OU

Recuperar password

Introduza o seu email em baixo. Um email ser-lhe-á enviado com instruções para criar uma nova password.

Adaptação e superação: Como alguns profissionais imobiliários superaram a crise

15 de Dezembro de 2020

Nos últimos meses, Angola e o mundo foram afectados drasticamente, fruto dos efeitos negativos da pandemia provocada pelo vírus Sars-cov2, também conhecida como Covid-19. A pandemia afectou vários sectores e áreas, sendo que, até ao momento, o vírus continua a ter um impacto negativo no panorama económico nacional e internacional.

No que diz respeito ao sector imobiliário, vários foram os desafios enfrentados pelas agências imobiliárias e agentes singulares, que, subitamente viram-se privados de promover a sua carteira de imóveis da forma como sempre o fizeram. Consequentemente, métodos, estratégias, planos e objetivos traçados foram afetados. Por outro, tal como uma moeda de dois lados, a pandemia, veio demonstrar que tudo realmente tem duas vertentes.

Motivos para o agravamento da crise no sector imobiliário

Como é do conhecimento geral, o sector imobiliário angolano vem em abrandamento desde há alguns anos. Os motivos são conhecidos:

  • Enfraquecimento da economia nacional;
  • Redução do poder de compra das famílias angolanas;
  • Carências de empreendimentos habitacionais acessíveis;
  • Desvalorização da moeda nacional.

O surgimento de uma crise de saúde inesperada à escala global, veio agudizar ainda mais o problema. As restrições às viagens impediram as visitas de empresários e investidores internacionais. E também, as limitações à circulação e as normais de segurança, condicionaram as formas tradicionais de promover as casas, não tendo sido promover visitas às habitações durante alguns meses.

Contudo, quando o cenário parecia mais negro do que nunca, muitas agências e consultores imobiliários conseguirem reverter a situação. Temos mesmo, entre os clientes da AngoCasa, quem tenha conseguido crescer de forma substancial em 2020, não só em termos de volume de negócios, mas também em termos de facturação.

Novas soluções e uma nova visão

Para que tal acontecesse, foi necessário procurar novas soluções. A aposta no digital, uma tendência cada vez mais presente na vida quotidiana dos angolanos, foi a saída natural para muitos profissionais do sector imobiliário.

Mesmo antes do início da crise do Covid-19, já muitas empresas haviam percebido que o crescimento passa obrigatoriamente por uma presença forte na Internet. Mais do que nunca, o consumidor inicia o seu processo de compra online, e isto acontece não só com bens de menor valor, mas também com bens duradouros, como veículo e imóveis.

Nesse sentido, muitas foram as empresas que reforçaram a sua presença online. Algumas lançaram ou melhoraram os seus próprios websites, outras tornaram-se mais activas nas redes sociais, e um número cada vez mais relevante de empresas resolveu tornar-se parceira da AngoCasa, a plataforma imobiliária líder em Angola.

Crescimento nas pesquisas imobiliárias online

Tratando-se da plataforma imobiliária mais representativa do país, é possível ter uma boa noção do estado do panorama imobiliário através da observação dos números da AngoCasa. Nesse sentido, é interessante verificar que apesar da pandemia, 2020 foi o ano de maior crescimento de sempre da AngoCasa. Com 62% de novas sessões, a plataforma duplicou o crescimento que havia alcançado em 2019.

Mais relevante ainda: em termos de tráfego total o crescimento foi de 84% e o número de leads (contactos gerados por interessados em comprar ou arrendar imóveis) foi de 97.5%. Durante 2020, a AngoCasa atingiu uma média superior a um milhão de visualizações por mês.

De salientar, que Março e Abril foram os meses de maior estagnação, assistindo-se a uma forte aceleração no número de visualizações e de leads a partir de Maio. Significa isto que o período de confinamento e as restrições aplicadas parecem ter contribuído para que muitos angolanos tomasse decisões relevantes, iniciando a procura por um novo imóvel.

Um sector que sairá da crise fortalecido

Com base nestes indicadores e no feedback que recebemos dos nossos clientes, ousamos ir contra a corrente instalada. Apesar de alguns intervenientes no mercado continuarem pessimistas, acreditamos que o sector imobiliário sairá da crise fortalecido e mais apto para se adaptar às necessidades futuras.

Muitas empresas reestruturaram-se, adoptaram metodologias de trabalho mais eficientes e flexíveis e abraçaram os benefícios do marketing digital, especialmente através de parcerias com a AngoCasa.

Anúncios mais recentes

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Por favor insira o seu e-mail para receber a newsletter.
Bem-vindo/a ao AngoCasa. Este é o site ideal para quem pretende comprar, arrendar ou vender casa em Angola. Oferecemos uma plataforma segura, onde pode comprar ou vender uma casa, um apartamento, um escritório, uma loja, armazém ou um terreno. O AngoCasa junta profissionais do ramo imobiliário e particulares, no maior portal de anúncios imobiliários de Angola. Temos a honra de ter parcerias com algumas das principais agências imobiliárias do país. Aqui encontra milhares de imóveis em Luanda, mas também encontra imóveis localizados em algumas outras províncias, como Bengo, Benguela, Huambo, Huíla e Namibe. Facilmente poderá encontrar apartamentos, vivendas, escritórios e lojas nas localizações mais desejadas de Luanda, como: Talatona, Benfica, Lar do Patriota, Camama, Coqueiros, Cruzeiro, Ilha do Cabo, Ingombota, Kinaxixi, Maculusso, Maianga, Morro Bento, Nova Vida, Viana e Vila Alice Assim como muitos imóveis nas centralidades de Luanda: Kilamba e Sequele. Comprar e arrendar em Angola é no AngoCasa. Faça um bom negócio!
Angocasa   Angocarro Tech Africa APIMA