OU

Recuperar password

Introduza o seu email em baixo. Um email ser-lhe-á enviado com instruções para criar uma nova password.

Como o Sector Imobiliário Se Pode Adaptar À Crise do Coronavírus

23 de Março de 2020

Após anos de estagnação, o sector imobiliário angolano finalmente vinha a dar alguns sinais de capacidade de retoma, adaptando-se a uma nova realidade e a um novo perfil de clientes. Esta recuperação estava a acontecer mesmo num período de forte crise económica, o que é demonstrativo da força e criatividade do sector.

Contudo, deparamo-nos agora com uma nova ameaça. A globalização do surto do coronavírus (COVID-19) ameaça a economia global, prevendo-se uma forte desaceleração económica e o aumento sem precedentes do desemprego.

Internacionalmente, o sector imobiliário já mostrou que vai sofrer um grande impacto. Com países inteiros em quarentena, a tarefa de promover e vender imóveis revela-se extremamente difícil. E mesmo imobiliárias com negócios fechados relevam que tem sido impossível finalizar as escrituras, sendo assim impossível concluir os negócios e obter o devido retorno financeiro.

Nesta altura, ainda todos acalentamos a esperança de que o surto não seja grave em Angola, mas apelamos também à necessidade de cada empresa preparar um plano de contingência, que lhe permita tentar adaptar-se e superar qualquer cenário.

Assim, e na senda da responsabilidade que a AngoCasa tem assumido nos últimos anos, de ajudar e contribuir para o desenvolvimento do sector imobiliário no país, preparámos algumas dicas e sugestões que podem ajudar o seu negócio a superar esta fase.

Dicas: Como Continuar em Actividade

Antes de avançarmos para as dicas propriamente ditas, é importante que todos os profissionais imobiliários percebam a magnitude do que está a acontecer. Actividades como: angariação presencial de novos imóveis e visitas a imóveis com potenciais interessados estarão fortemente condicionadas nas próximas semanas/meses.

Também a procura cairá, pois o foco dos consumidores estará em ultrapassar este período de crise e não em comprar ou arrendar um imóvel.

Sendo assim, é essencial começar a delinear estratégias que lhe permitam sobreviver enquanto o mercado está parado. O mais importante é garantir que após a tempestade, estará em condições de retomar o seu negócio. Fique com as nossas dicas:

  • Redução de custos não essenciais – Como é expectável que os seus rendimentos sejam mais limitados nos próximos tempos, é essencial procurar reduzir custos não essenciais. Uma despesa que será cortada de forma natural diz respeito às deslocações. Como irá passar (muito) mais tempo em casa, a fatia do orçamento dedicada às viagens pela cidade será substancialmente reduzida.
  • Manter-se activo – Se tiver que trabalhar a partir de casa, isso não quer dizer que deva encarar a situação como umas férias inesperadas. Aproveite para promover o seu nome/o nome da sua empresa. Aumente a sua rede de contactos e o seu alcance nas redes sociais. Isto irá materializar-se em mais negócios no futuro.
  • Preparar um espaço para trabalhar a partir de casa – O trabalho remoto pode ser desafiante, por isso é indispensável que prepare o seu espaço de trabalho. De preferência, e se for possível, deve optar por um escritório ou sala em que possa estar isolado/a do resto da família enquanto trabalha. A divisão em que trabalha deve ter uma boa luz natural, para evitar o sentimento de depressão. Também é fundamental manter a sua secretária organizada.
  • Apresentações vídeo dos imóveis – Vivemos cada vez mais na era digital e numa altura em que o contacto presencial deve ser evitado, nada como aprender a utilizar as ferramentas que temos ao nosso dispor. Vídeos de visitas guiadas aos imóveis permitem-lhe mostrar o mesmo imóvel a um grande número de potenciais interessados, sem correr riscos desnecessários, nem expor os potenciais clientes aos mesmos riscos. É claro que um vídeo de visita guiada não substitui na plenitude uma visita presencial, mas permite captar o interesse do público e potencialmente, resultar na finalização futura do negócio.
  • Adaptar a oferta à necessidade dos clientes. Devido ao cenário generalizado de crise, vários angolanos foram obrigados a regressar e muitos expatriatos ficaram retidos no país. Muitas destas pessoas ficarão no país temporariamente e não pretendem um contrato de arrendamento longo. Nesse sentido, oferecer contratos de arrendamento de menor duração pode ser uma boa decisão.
  • Reconhecer as oportunidades – Com menos pessoas nas ruas e nos seus locais de trabalho, a atenção irá estar virada ainda mais para a Internet. Na AngoCasa, já notamos este aspecto, com um crescimento assinalável quer no tráfego, quer no número de leads (contactos de interessados em comprar ou arrendar imóveis), registado nas últimas semanas.

Aproveite a Nossa Ajuda

Na AngoCasa, além de contribuirmos com informações e aconselhamento para apoiar o sector imobiliário nacional nesta altura de crise sem precedentes, resolvemos ir mais longe!

Ao longo dos anos, temos ajudado dezenas de agências imobiliárias e profissionais do ramo a aumentarem o seu volume de negócios. A nossa plataforma registra actualmente um volume de 700 mil visualizações e 12 mil leads por mês. O melhor que podemos fazer para ajudar o sector imobiliário é oferecer acesso gratuito a este autêntico oceano de oportunidades de negócio.

Assim sendo, a AngoCasa está a oferecer um mês de utilização gratuita do portal, quer para agências imobiliárias, quer para agentes imobiliários. Para usufruir desta oferta, contacte-nos: 934 626 874 - 930 686 586 - 935 629 280.

Para finalizar, o nosso voto: mantenha-se em segurança, proteja-se, proteja os seus e proteja os outros!

Anúncios mais recentes

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Por favor insira o seu e-mail para receber a newsletter.
Bem-vindo/a ao AngoCasa. Este é o site ideal para quem pretende comprar, arrendar ou vender casa em Angola. Oferecemos uma plataforma segura, onde pode comprar ou vender uma casa, um apartamento, uma loja, armazém ou um terreno. O AngoCasa junta profissionais do ramo imobiliário e particulares, no maior portal de anúncios imobiliários de Angolana. Aqui encontra imóveis em Luanda, Huambo, Benguela, Namibe, Moxico e em todas as outras províncias de Angola. Facilmente poderá encontrar apartamentos e vivendas nas localizações mais desejadas como Talatona, Viana, Benfica e Ingombota. Assim como muitos imóveis nas centralidades de Luanda: Zango, Kilamba, Cacuaco e Musseque Kapari. Faça um bom negócio!
Angocasa   Angocarro Tech Africa APIMA